top of page
  • Foto do escritorFarmbox

Cereal Ouro: Parceria de Sucesso

Atualizado: 25 de jul. de 2023

Cereal Ouro faz parte da nossa história. E é por isso que fomos descobrir um pouco mais sobre a história deles e como o Farmbox auxiliou nesse processo. Confira abaixo nosso papo com a Thais, Gerente Administrativa e Engenheira Agrônoma – Cereal Ouro:

 
Thais

Thais, como iniciou a história de vocês?

A história da Cereal Ouro começou há 51 anos atrás, em 1968, no Rio Grande do Sul. Hoje temos a atividade concentrada em Rio Verde-Goiás, com cerca de 10.000 hectares voltados para agricultura e produção de sementes. Em 2018 iniciamos as atividades na região de São José do Xingu-MT, conseguindo estabelecer já no primeiro ano 2000 hectares plantados, com projeto de expansão para os próximos anos.


    Nilto Schwening foi o idealizador e atua até hoje, temos o processo de sucessão muito bem estabelecido para seu filho mais novo, André Schwening, atual CEO da empresa. Atualmente trabalhamos com divisão agropecuária: soja, soja semente (somos o principal cooperado da divisão Sementeira), milho, multiplicação de semente de milho para multinacionais, sorgo, sorgo destinado a semente, feijão, cana-de-açúcar, gado de corte e ovinocultura. Divisão sementeira: semente de soja como negócio principal, semente de sorgo e indo para o segundo ano do projeto Crivus com semente de milho.

Rafael – Agrônomo, Ecledson – Coordenador de Campo, Ederson – Tec. Agrícola, Délcio Cordeiro – Coordenador de Campo, José Cesar – Aux. Administrativo, Felipe – Agrônomo, Wellington – Enc. Operações Agrícolas

Rafael – Agrônomo, Ecledson – Coordenador de Campo, Ederson – Tec. Agrícola, Délcio Cordeiro – Coordenador de Campo, José Cesar – Aux. Administrativo, Felipe – Agrônomo, Wellington – Enc. Operações Agrícolas


Qual a importância da agricultura em suas vidas?

Aqui vemos a agricultura como um setor muito próspero, não só por contribuir positiva e significativamente com a economia do país e do mundo como principalmente por garantir a produção de alimento, portanto todos que estão direto ou indiretamente envolvidos fazem parte dessa atividade nobre que é alimentar o mundo.


    No cenário que estamos vivendo hoje e nas prospecções de futuro com recursos naturais escassos onde o ser humano terá que ser cada vez mais eficiente em tudo que faz, na agricultura não será diferente, teremos que buscar cada vez mais a sustentabilidade na nossa atividade e para isso teremos que contar com a constante busca por atualização, profissionalização e trazer o uso da tecnologia para otimização de processos, alcance de melhorias em produtividade e margens, de maneira a buscar ainda mais o “produzir mais com menos”.


Como era o monitoramento do campo antes do Farmbox? E atualmente, ele têm auxiliado vocês?

Os processos de campo, em geral, antes de trazermos sistemas de controle para dentro da empresa (movimento que começou a ser implantado em 2014) eram registrados em planilhas, sem muita formalização, os envolvidos e interessados estavam por dentro da informação mas sem uma padronização, onde os números eram averiguados apenas no final de cada processo. Com o decorrer desses anos começamos a ter a informação a nosso favor, controlada simultaneamente às atividades, porém com muitas pessoas envolvidas até o registro formal da mesma, utilizando blocos de anotações, planilhas, contando com que o ciclo ocorresse perfeitamente para ter a informação correta no final do dia ou da safra.


    Com o Farmbox, implantado no início da safra 18-19 podemos dizer que o fato da informação ser apontada pelo responsável pela atividade, diariamente ou até mesmo imediatamente após sua ocorrência, facilitou muito a gestão, pois é possível visualizar o planejado versus realizado, o que foi feito, onde foi feito, e em nosso cenário, com diversas fazendas, facilita muito ao gerente de produção geral, que pode acompanhar todo o processo, mesmo estando longe.

Estamos utilizando atualmente para monitoramento de pragas, registro de atividades e controle de estoque. Tanto os que utilizam a ferramenta em campo quanto os que acessam administrativamente consideram muito intuitiva e dinâmica, facilitando muito a visualização, análise e tomada de decisão.

Poder abrir uma fazenda ou um talhão, em determinada safra e cultura e ter todo o histórico de tudo que foi feito de maneira fácil e interativa. Com relação ao monitoramento, o fato de poder averiguar o que foi feito antes, a interação com a aplicação e efetividade desta, é muito útil à tomada de decisão.

Imagens de Monitoramento retiradas do sistema e registro da implantação do Farmbox na Cereal Ouro.

Imagens de Monitoramento retiradas do sistema e registro da implantação do Farmbox na Cereal Ouro.


O Farmbox conversa diretamente com a prática do Manejo Integrado de Pragas, neste sentido, qual a importância do MIP para a produção atual e futura?


O Manejo Integrado de Pragas deve ser obrigatório na condução de uma lavoura. Temos um cenário com cada vez mais casos de resistência surgindo, curta vida das biotecnologias, e precisamos usar nosso conhecimento para trabalhar em cima disso. Os olhos estão voltados para o manejo sustentável, estamos vendo muita inovação em produtos biológicos e tecnologias, que podem atuar a nosso favor. É essencial que se faça o uso de práticas que visem a manter efetividade do campo e evitar perdas de produtividade e aumento de custos, buscando melhorar a rentabilidade do produtor e o sucesso da atividade no mundo.

 

Nós, da Farmbox, só temos a agradecer por essa parceria, esperamos continuar apoiando a Cereal Ouro, assim como outras diversas fazendas em todo o Brasil.

91 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page